5 destinos para aquecer o seu amor no inverno

Porque o termômetro lá embaixo não é desculpa para não curtir momentos a dois

Um fato: há quem ame viajar no inverno, então marcar a lua de mel para o período não é problema nenhum. Pelo contrário! Porém, há também quem não goste nem um pouquinho, mas só conseguiu vaga para casar durante a estação, por exemplo. E agora?

Agora é não deixar a peteca cair e entender que termômetro lá embaixo não é desculpa para não curtir momentos a dois, muito pelo contrário. No Brasil e fora dele, existem vários destinos para uma lua de mel inesquecível. Confira a nossa lista!

Campos do Jordão/São Paulo

CamposDoJordao

Um clássico paulista para quem quer viajar e não pode gastar muito. Conhecido popularmente como um pedacinho da Europa no Brasil, a cidade, distante cerca de 200 quilômetros da capital São Paulo, combina descanso, aventura, romantismo e agitação num único destino. Você pode curtir um fondue a dois em um dos inúmeros restaurantes de Capivari (o ‘point’ da cidade), praticar trilhas no Horto Florestal ou fazer um tour cervejeiro pela fábrica da Baden Baden (mas vá cedo, pois em alta temporada o local fica concorridíssimo). O parque Amantikir também é uma pedida de passeio para amantes da natureza.

Colonia Del Sacramento/Uruguai

ColoniaDelSacramento

Durante o período do inverno, os países do hemisfério sul se tornam uma alternativa bacana de lua de mel, seja pela possibilidade de ver neve (dependendo do local) ou pela moeda, já que a cotação do dólar e do euro está lá nas alturas. Queridinha de muitos casais que gostam de história (já que é considerada Patrimônio Cultural da Humanidade), Colonia del Sacramento, no Uruguai, é a cidade mais antiga do país, sendo considerada um museu a céu aberto. Suas ruas são formadas por paralelepípedos, e o ar de cidade pequena confere ao destino um chame singular. A título de informação, o município fica a cerca de 180 quilômetros da capital uruguaia, Montevidéu.

Lima/Peru

Lima

Certa vez, disseram para a gente: Lima lembra São Paulo. Se lembra São Paulo não podemos afirmar (nunca estivemos por lá), mas Lima é cosmopolita, cheia de opções gastronômicas que passeiam não só pela culinária peruana com o seu gaspacho, mas pela cozinha internacional também. Além disso, a capital do país mescla construções contemporâneas com o seu centro histórico, que abrange catedrais (como a Catedral de Lima) e o Convento São Francisco de Assis. Tida como símbolo da cidade, a Praça Maior vale uma fotinha. Dica: Aficionados por história podem alugar um carro e viajar para as ruínas Pachacámac, distantes 40 quilômetros de Lima.

Santiago/Chile

santiago

Você sabia que o inverno é uma oportunidade e tanto para fazer um tour por vinícolas? Isso porque as parreiras de uva ficam mais secas, e é possível não só provar a fruta direto do pés, mas degustar uma seleção de vinhos especiais. Porque não cogitar Santiago então e dar uma esticadinha até a Concha y Toro? Conhecida mundialmente como uma das maiores produtos de vinho, a empresa produz bilhões de litros da bebida por ano, sendo que a estrela de sua safra é o ‘Casillero del Diablo’, um vinho famosíssimo e que ganha um foco especial durante o tour pela vinícola: quando chega a vez dele ser apresentado, as luzes são apagadas e uma imagem com capuz é projetada nas paredes, dando o tom ao nome do rótulo. Um momento que até parece sinistro, mas que só faz garantir mais diversão ao tour.

Gramado, Brasil

gramado

Não tem como não falar de turismo de inverno no Brasil e excluir Gramado. A cidade gaúcha se torna ainda mais popular nesse período, seja pelas degustações de vinhos, seja por seu charme natural – com o belíssimo Lago Negro e gastronomia diferenciada. Colonizada por alemães, Gramado tem um quê de pitoresca, seja pelo famoso parque Mini Mundo (que emula, em versão miniatura, diversas construções do mundo) ou pelos pedalinhos que circundam os lagos. Fica a dica: se não ver neve de verdade (vai saber, né? com esse frio!), você pode ir até o parque Snowland, que, como o nome entrega, ‘imita’ neve artificial com grande fidelidade.