Estação de caipirinhas, vale a pena investir?

É comum, em algumas festas de casamento, os noivos contratarem os serviços de uma estação de caipirinhas – elas conferem um ar ainda mais descontraído e interessante ao evento, possibilitando uma combinação de sabores e deixando os convidados soltinhos, soltinhos. Vale a pena investir?

Bebida tipicamente brasileira, a caipirinha é presença quase certa nas festas de casamento – alguns noivos, inclusive, preferem investir numa estação de caipirinhas, um espaço exclusivo na festa dedicado à confecção dos drinques. E se engana quem pensa que a caipirinha aparece única e exclusivamente em sua versão tradicional, à base de limão.
Segundo explica Priscila Yumi Fujimoto, que está à frente do Red Bartenders, empresa especializada nesse tipo de serviço, a estação de caipirinhas dispõe de opções para todos os gostos, inclusive algumas bem exóticas. Confira o que ela tem a dizer para os noivos que pensam em investir na atração para a sua festa de casamento.

Estação de caipirinhas pode ser um diferencial
“Em um casamento, você tem convidados de todos os tipos, seus amigos, familiares que tem gostos mais variados, então se você pode oferecer também um bar de caipirinhas, por que não? Assim, você pode dar a eles opções não só como cerveja e vinho, mas um bar de caipirinhas, no qual é possível combinar uma infinidade de opções, já que são de 3 a 4 tipos de bebidas e 4 a 5 tipos de frutas. Já atuo há cinco anos no mercado de Mogi das Cruzes e região, mas trabalhava em uma empresa do meio lá em São Paulo antes. Com a Red Bartenders, uno a qualidade e sofisticação de SP, combinados com preços para a localidade”.

caipirinha_03

A montagem de uma estação de caipirinhas varia de festa para festa
“Oferecemos uma estrutura padrão com 2 metros de comprimento e com iluminação em LED, que, no caso, combina com qualquer ambiente. Porém, é possível personalizar esse mesmo bar, ou podemos utilizar um mobiliário da decoração que orne mais com o ambiente, ou até mesmo do próprio salão de festas caso já tenha, dessa forma otimizamos também o espaço”.

Escolhendo sabores
“Quando oferecemos um pacote para nossos clientes, ele é padrão, ou seja, temos 4 tipos de bebidas, sendo elas vodca, saquê, cachaça e ruim, e 5 tipos de frutas, morango, abacaxi, limão, tangerina e maracujá. Porém, os noivos podem optar pela personalização do cardápio, trocando a fruta por alguma de sua preferência, ou tirar alguma bebida que não agrade, até mesmo escolher a marca da cachaça”.

Sabores mais pedidos e menos pedidos
“Ainda encontramos alguma resistência em experimentar o novo. O sabor mais pedido é o tradicional saquê com morango, porém os bartenders sempre enfatizam a experiência da “mistura”. Para esses clientes, oferecemos nossa caipirinha que já é famosa, a chamada Cabaré, que leva saquê, morango, tangerina e pimenta rosa. É uma experiência bem agradável”.

caipirinha_02

Novidades no ramo…
“O gim vem ganhando muita força nos casamentos, podendo ser feito em algumas versões da tradicional gim tônica”.

E demais coquetéis
“Os noivos também podem optar por coquetéis sem álcool e outros diferenciados, drinques que não levam frutas, e sim licores, xaropes e um destilado”.

O que define a caipirinha perfeita?
“Primeiro, a qualidade da matéria prima a ser utilizada, uma vodca de qualidade, as frutas frescas [para manter o verdadeiro sabor da caipirinha], um copo de vidro e o carinho do profissional”.

caipirinha_04

Por fim, mas não menos importante: quanto custa?
“Para o nosso serviço de bar completo, com a estrutura de bar inclusa e todos os insumos necessários, incluindo a mão de obra, para uma festa para 100 pessoas o investimento fica em torno de R$ 1.450,00, ou seja, em média R$ 14,50 por pessoa”.

Como porta-vozes de casamentos inesquecíveis (<3), não poderíamos deixar de perguntar à expert: alguma festa marcante na história da empresa? Sim!
“Todos os casamentos que realizamos são bem especiais, é incrível poder fazer parte de um dia único pro casal, mas o casamento dos meus afilhados Gabi e Paulinho realizado em 7/11/2015 no Ravena Garden, em São Paulo. Foi inesquecível, além da emoção, claro, fizemos no bar geladinhos de caipirinhas para ser distribuídos durante a pista de dança, foi um sucesso! Tinha de abacaxi com hortelã e vodca e morango com vodca. E até hoje a equipe do buffet indica nossos serviços!”, comemora Priscila.