Vai casar este ano? Confira 7 tendências em casamentos para 2016

Conversamos com uma dupla de wedding planners e descobrimos o que vai e o que não vai bombar nas festas de casamento este ano. Anote!

Organizar um casamento dá trabalho! Só quem já passou por isso sabe a loucura que pode ser escolher um local bacana, o buffet ideal, o vestido dos sonhos…

Justamente por isso, duas das principais tendências em casamentos neste ano visam descomplicar a cabeça de muitas noivas e noivos por aí – segundo Pamela Cairo e Vivian Sanches, especialistas em Administração e Organização de Eventos pelo SENAC e os nomes à frente da Cairo&Sanches Eventos Sociais, os chamados ‘mini weddings’ e DIY (abreviação para do it yourself, ou faça você mesmo) vem com tudo!

pam_e_vivian01
Vivian Sanches e Pamela Cairo

Confira abaixo mais alguns palpites delas sobre o que vai bombar nos casamentos em 2016!

Cerimônias para poucos
“Os mini casamentos (mini weddings) estão na moda, algumas pessoas não querem mais gastar uma fortuna como gastavam antigamente, preferem reunir alguns amigos e familiares em restaurantes, cafés ou até mesmo na própria casa ou casa dos pais. É uma excelente opção para quem quer caprichar na viagem de lua de mel! Porém, há uma grande dificuldade nessa escolha, que é reduzir a lista de convidados para, no máximo, 80 pessoas”.

Locais inusitados podem ser uma opção bacana para a festa
“Restaurantes, cafés, parques públicos, fábricas, adegas, cavernas, fazendas… Casar em locais inusitados está sendo o sonho de consumo de muitos casais, que procuram locais para sua cerimônia que tem mais a cara deles. A arquitetura e paisagem transformam o momento em algo ainda mais especial! As fotos e filmagem ficam um show à parte”.

Pais ou padrinhos à frente da cerimônia
“É muito comum encontrar casais com religiões diferentes ou que um ou ambos não sigam nenhuma religião. Para evitar conflitos familiares (e ajudar no orçamento), as igrejas estão sendo cada vez menos procuradas para realização das cerimônias. Muitos casais até então, estavam procurando celebrantes/mestres de cerimônia que falassem sobre temas mais abrangentes, como o amor e a família. Porém, para dar um toque ainda mais íntimo, alguns casais começaram a convidar um amigo, um ou vários padrinhos e, até mesmo, os pais para conduzirem a cerimônia!”

cerimônia_pais-(2)

Registro de um pai realizando o casamento da filha. Casória da Débora e do Marcelo.

cerimônia_pais-(1)
Neste caso, uma amiga da Renata e do Luciano foi a responsável por realizar a cerimônia.

Faça você mesmo!
“Para dar um toque pessoal e original, além de ajudar no orçamento, os noivos procuram fazer detalhes da decoração, lembrancinhas para convidados ou padrinhos, objetos da cerimônia e afins colocando literalmente a mão na massa e usando a criatividade. Vasos de flores feitos com garrafas de vinho ou cerveja, suporte de velas desenvolvidos a partir de potes de vidro, flor de lapela dos pais e padrinhos feitas com flores artificiais ou bordados, enfeites pendentes estão cada vez mais em alta. Uma dica é fuçar no Pinterest, que tem muitas referências lindas, criativas e baratas e pedir ajuda de amigos, pais e padrinhos. Garantimos que serão momentos muito divertidos que passarão juntos com pessoas especiais. Também tem crescido muito o número de casais que optam por fazer o convite DIY. Pedem para algum amigo ou fazem eles mesmos a arte e imprimem em casa (com uma boa impressora) ou em gráficas rápidas, basta criatividade e disposição. Outra forma de realizar um convite mais informal é através de eventos fechados no Facebook ou por grupos de Whatsapp (em todos esses casos, este item acaba saindo bem mais em conta ou a preço zero). Como dissemos em todas as respostas, depende do estilo do casal. Se o casal quer um casamento mais tradicional e clássico, ainda optam por convites mais rebuscados e finos”.

Hellen_bruno_lembranças_feitas_pela_vó-(2)
As mudinhas de suculentas foram plantadas pela avó do casal Hellen e Bruno. Muito amor envolvido!

Detalhes da festa de casamento da Renati. Ela e o noivo Renner organizaram tudo

faca-vc-mesmo01

faca-vc-mesmo02

faca-vc-mesmo03

Decoração no estilo boho-chic
“A ideia é misturar estilos, começando pela decoração romântica, rústica e simples, geralmente feitos em locais ao ar livre (mas não é uma regra). Móveis antigos, flores coloridas, cristais, itens pessoais da família, velas, gastronomia descontraída, com um cardápio multi cultural, luzes… Ah! E o mais legal é a mesa única, fugindo da tradicional mesa redonda com 8 lugares. Vestido e acessórios: vestido leve, às vezes curto, com rendas ou bordados, sapatos baixos, flores para enfeitar os cabelos, penteados desconstruídos com um ar “bagunçado”, no estilo hippie chic. Resumindo, quanto mais leve e despojado o ambiente e as vestimentas, melhor!”

As fotos a seguir são do casamento da Ana Lú e do Fernando. Toda a decoração foi pensada pelos noivos e pela família dos noivos. Muitos itens utilizados na decoração são do acervo pessoal das famílias de ambos.

Ana_Lu_Fernando-(3)

Ana_Lu_Fernando_detalhes_familia-(5)
O caminho de mesa foi feito pela família dos noivos especialmente para o casamento.

Ana_Lu_Fernando_detalhes_familia-(3)

Detalhes que fazem a #diferença!
“Invista em fotos! Elas estão sempre em alta! Vale ensaios pré wedding ao ar livre, em centro históricos, paisagens campestres, cachoeiras, porta-retratos com fotos dos noivos e dos pais (no dia do casamento), varal de fotos com familiares e amigos, cabines fotográficas (um ótimo item para lembrancinha para os convidados). Outra iniciativa bacana é criar uma hashtag para que os convidados possam marcar as fotos do casamento nas redes sociais, como Instagram, já que com a facilidade da tecnologia isso é muito comum. Um exemplo é #casamentoReeJoao. Por fim, para quem tem uma verbinha extra vale impressionar os convidados com carrinhos ou bicicletas com doces gourmets, como brigadeiros, jujubas. Nos dias mais quentes, vale sacolés, picolés de frutas ou saladas de frutas geladinhas e refrescantes.

varal_fotos-(1)
Varal de fotos do casamento da Hellen e do Bruno.

tati_alex
Ideia criativa e que deu certo no casório da Tati e do Alex.

cabine_fotos-(3)
A nossa linda noiva Tati também apostou na cabine de fotos

cabine_fotos-(1)
Registro de foto descontraída na festa do Bruno e da Bruna.

Noivas que se reinventam
“As noivas estão se reinventando sempre, também. Por exemplo, a tradicional jogada do buquê: algumas pendem para a decoradora fazer um buquê menor para jogar e depois dá o buquê da cerimônia para algum parente querido, como recordação. Outras substituem o buquê de flores por buquês de sapinhos (com referência ao sapo que vira príncipe), buquês com mini Santo Antônios, de coração, de pimenta (para apimentar as relações), ambos feitos com tecido e algodão. Assim mais de uma amiga solteira tem a oportunidade de pegar o tão esperado buquê. Outras noivas optam por não jogar o buquê e, ao invés disso, escolher uma amiga para presentear ou fazem a brincadeira do buquê de fitas ou do buquê na gaiola (no início da festa cada convidada solteira ganha uma chave e, na hora da brincadeira, quem conseguir abrir o cadeado que prende o buquê dentro da gaiola (ou caixa de acrílico), ganha o mimo!”

buque_formas_diferentes-(4)
A Camila inovou na hora de escolher quem ficaria com o bouquê. Na verdade, quem escolheu foi a sorte.

buque_formas_diferentes-(1)

buque_formas_diferentes-(2)

E mais:

O que foi tendência e ficou lá atrás?
Retrospectivas com fotos do casal misturadas com desenhos animados: “Elas bombaram por um bom tempo, mas já caíram de moda. Algumas empresas de foto e filmagem estão reinventando as retrospectivas, fazendo entrevistas com os noivos, juntando com fotos e takes do ensaio pré-wedding entrevistas com parentes próximos ou até no estilo “Draw my life” contando a história do casal”.

Fila de convidados para cumprimentar os noivos.
“Hoje em dia, para os noivos aproveitarem a festa junto com seus convidados, eles costumam fazer um pequeno discurso de agradecimento logo no início da festa, no microfone. Fazer fila para cumprimentar os recém-casados não é mais uma prática, hoje em dia. Mas claro, não é regra, ainda existem casais que fazem questão de cumprimentar todos os convidados, um a um”.

Chuva de arroz.
“De todos os casamentos que já fizemos nos últimos dois anos, dois ou três tiveram a tradicional chuva de arroz. Algumas igrejas e espaços para eventos passaram a proibir esse acontecimento por causa da sujeira e bagunça que acaba ficando após o evento. Fora a bagunça no cabelo da noiva, no vestido, no terno. Já vi algumas madrinhas escorregarem no arroz que fica caído no chão e não é nada legal”.